top of page

Postagens por data:

  • Ivo Fernando da Costa

Filosofia, realização e conexão com a realidade


N.º 5, 1948 (Pintura de Jackson Pollock)

O homem, por natureza, busca conhecer todas as coisas não somente em extensão ou em seu aspecto horizontal, mas também – e sobretudo – em profundidade.


O conhecimento por extensão nunca é plenamente realizável, pois volta-se para fenômeno saturado que é a realidade particular e individual.


Já o conhecimento de todas as coisas em seu aspecto vertical e profundo é o que se dá desde os princípios e causas universais e necessários.


Os sentidos estão ligados ao conhecimento por extensão ou horizontal. É a razão que viabiliza uma visão de todas as coisas desde suas causas últimas.


Não é possível, sem a filosofia, realizar em sua plenitude o mais íntimo e peculiar traço de nossa condição humana: o exercício e o desenvolvimento de nossa vida intelectual e moral.


Isso não significa um abandono ou desprezo da experiência. Paradoxalmente, a intelecção dos primeiros princípios, à luz dos quais podemos conhecer toda a realidade e orientar nosso atuar, se dá a partir da experiência acumulada.


Aqui é onde entra a educação. Não podemos simplesmente ficar à mercê das inúmeras possibilidades do fenômeno saturado que o contato com a realidade nos apresenta.


A educação não se reduz a uma construção de convenções. Ela é, sobretudo, a transmissão da verdade.


Não é conveniente nem mesmo possível experimentar todas as coisas. É preciso selecionar nossas experiências, assim como o caminho a ser trilhado em nossa vida de estudos.


Sem uma adequada educação que oriente retamente a formação da sensibilidade na direção daquelas experiências que nos fazem mais humanos, fica muito difícil, por não dizer impossível uma visão sapiencial da realidade.


Sem uma guia intelectual, podemos nos dispersar gastando energias e esforços sem um norte definido, atirando para todos os lados. Corremos o risco de não extrair adequadamente da experiência os princípios que a fundamentam.


Se esses dois pilares estiverem ausentes, o olhar para a realidade concreta e a educação, a filosofia pode se tornar uma especulação desconexa do mundo ou, até mesmo, uma justificação do caos.


Comentarios


Encontre outras postagens sobre:

bottom of page