Aurora Lucis Rutilat

A aurora de luz brilha

e o céu  ressoa com louvores:

o mundo exulta de alegria

e o inferno ruge e geme.

Quando o Rei poderosíssimo,

tendo quebrado as forças da morte,

esmaga o Inferno com o seu pé

e solta as correntes dos Justos.

Aquele quem os soldados

guardam atentamente com a pedra fechada,

ergue-se hoje nobre e magnífico,

triunfante sobre o seu túmulo.

Tendo já acabado os gritos

e gemidos do inferno,

um anjo resplandecente clama:

o senhor ressuscitou.

Sê Tu, Jesus, para nossas almas,

a alegria eterna da Páscoa

e a nós, renascidos para a graça,

inclui nos teus triunfos.

A Ti, Jesus, seja a glória,

que, tendo vencido a morte,

resplandeces deslumbrante,

com o Pai e o Espírito Santo para todo o sempre, Amém.

Texto cantado em gregoriano

Comentários e sugestões: